Quando falamos de nuvem (cloud) em uma rodinha de amigos de TI ainda existem aqueles que torcem o nariz. Imagine em uma roda de amigos, ou não tão amigos, que não são da área de Tecnologia da Informação.
O motivo é que ainda existe uma certa desconfiança sobre deixar os “nossos” dados em uma “nuvem”, que mal sei onde está.
No entanto é fato que: a maioria das pessoas tem seus dados no Facebook ou no Linkedin, a maioria das pessoas tem contas em bancos, e seu dinheiro não é mais do que um número, um saldo, armazenado em um computador sabe lá aonde.
O fato é, quando se torna necessário usamos as “Nuvens”.
E o que fará tudo mudar, já está fazendo na verdade é o “quando se tornar necessário” no mundo corporativo.
Hoje com a constante busca por redução de custos não faz sentido algum ter uma infraestrutura de TI própria e caríssima. Quem tem não consegue se manter atualizado com as inovações e crescimento de demandas da tecnologia da informação.
Portanto, o que queremos é uma Nuvem Para Chamar de Minha, onde eu possa ter toda segurança de que meus dados e os dados dos meus clientes estão seguros. Acreditem existem Nuvens mais seguras do que os dados que estão na sua infraestrutura própria hoje, por exemplo a Nuvem Microsoft Azure.
Só para te ajudar a entender porque afirmo que a Nuvem Microsoft Azure é mais segura que sua infraestrutura, quando um ataque a Nuvem Microsoft Azure acontece a um “site”, dentro dos milhões já hospedados lá, um mecanismo automático identifica o ataque e protege todas os outros milhões de sites no mundo. Se sua infraetrutura sofrer um ataque cibernético você terá que ter muito recurso para se defender sozinho. Irá tentar se defender de um ataque acontecendo e não se proteger antecipadamente.
Vem pra Nuvem!
Joel Gopfert Pinto Junior
joel.gopfert@wafx.global
www.wafx.global